Sem categoria

Resenha: Silêncio – Série Hush Hush – Becca Fitzpatrick

393371_10150522033585579_130097745578_10866103_983104400_n

Começando agora a resenha de Silêncio, 3º livro da série Hush Hush, da autora Becca Fitzpatrick. Peço perdão a todos os leitores pela minha foto inclusa neste post com o livro e obviamente pelo estado do livro rsrsrs eu o comprei num sebo perto de casa e infelizmente ele estava destruído, consegui até mesmo descobrir o endereço do antigo dono.
Olha galera, farei um resumo breve sem spoiler antes da resenha com spoilers do livro, então se atentem e caso eu fale algo que não deveria, me perdoem, estou tentando o melhor para incentivar vocês a leitura ❤

Em Silêncio descobrimos o que aconteceu com Nora Grey e, finalmente, a grande aparição de Hank Millar no final de Crescendo é explicada.
As primeiras páginas do livro explicam o antes e o depois e Nora é encontrada, inexplicavelmente sem nenhuma memória. Nós sabemos que se Nora aceitasse simplesmente o destino que recebeu tudo acabaria por aí, mas não, incansável e sempre em busca de respostas Nora se coloca mais uma vez em um perigo totalmente desconhecido e sem ajuda de Patch, o qual ela nem se lembra de ter conhecido e ter tido um relacionamento, mas ela sente que há algo faltando e quando o destino os coloca nas mesmas situações, Nora sabe que há algo com ele e ele sabe que não pode mais segurar nenhum segredo dela.

490f1-bg_silencio-cc3b3pia

“Minha história é longa, e não há muita coisa boa nela. Não posso apagá-la, mas estou decidido a não errar novamente. Não quando os riscos são tão grandes, não quando envolvem você. Há um objetivo em tudo isso, mas vai levar um tempo. – Dessa vez ele me abraçou e afastou o cabelo do meu rosto, e alguma coisa dentro de mim se desfez ao seu toque. Lágrimas quentes transbordaram de meus olhos. – Se eu perder você, perco tudo.”

Pela frase na contracapa é que podemos perceber que há algo de muito ruim acontecendo e não sabemos a profundidade disso, já que Nora está sem memória e não sabe o que se passou com ela nas ultimas semanas. Essa frase aparece logo no começo do livro nos primeiros capítulos quando Nora força sua mente a tentar se lembrar, ela vê cores, depois associa-se a cor negra que leva a Patch em um dos sonhos e depois, novamente, Nora acorda no escuro, divagando e sem saber de nada, apenas com uma impressão.
Também temos algumas explicações sobre como colocar um anjo no inferno, um pequeno esclarecimento depois que Patch colocou Rixon no inferno. Basta queimar uma pena do anjo, e olha só, ele não pode mais sair do quentinho (rsrsrsrs).

“-E você? Tem alguma pena secreta guardada em local seguro?
Ele ergueu uma sobrancelha.
-Está tramando minha queda?
Sorrio, apesar da seriedade do assunto.
-Uma garota precisa manter abertas todas as possibilidades.
-Odeio desapontá-la, mas não há nenhuma pena. Cheguei à Terra completamente nu.
-Hum – respondo em tom casual, mas sinto meu rosto quente quando a frase projeta uma imagem em minha mente.”

Eu realmente fiquei com muito medo das memórias de Nora jamais voltarem quando comecei a ler este livro, mas sabemos que se elas não voltassem não teria um fim muito interessante, ou nem mesmo teria uma continuação e todos nós sabemos que tem 🙂

Galere, a partir daqui deixo meu aviso de spoilers, então quem não leu, vai ter que se contentar com a minha breve descrição do livro e quem leu vamos discorrer sobre ele a seguir. Tenho que dizer que amei esse livro, bem mais que o Crescendo (já que eu passei raiva praticamente o livro todo), mas acredito que o volume 2 foi a cereja no bolo que meio que desencadeou os fatos decorrentes em Silêncio.

20160324_175135

Haha mais uma vez me desculpem a minha cara e o estado do livro. Então, bora começar a nossa resenha com spoilers. Como dito antes, se você não leu, não continue lendo e se leu, continue e deixe seu comentário ou discorra sobre o que você achou, o que você não achou, enfim.

Logo pelas primeiras páginas vemos uma imagem de um Patch devastado e um Hank Millar o encontrando no cemitério, não sabemos ainda o que vai acontecer. Nora está desaparecida e não precisa de muito para jurar que o cretino que a levou nada mais era do que seu próprio pai de sangue, Hank Millar.
Patch entrega suas asas a Hank como juramento de que ele liberte Nora imediatamente, Hank não cedeu, invés disso ele disse que a libertaria sim, mas no fim do verão e intacta, que ele não a machucaria, mas Patch teria que ganhar a confiança dos anjos caídos e contar tudo sobre eles a Hank para uma futura batalha perto do Cheschvan. Há uma explicação sobre isso, na verdade, sabemos que Hank estava recrutando nefilins e temos a explicação óbvia neste livro de que ele quer libertar todos os nefilins de jurarem fidelidade aos anjos caídos e se tornarem vassalos, deixando então de possuírem seus corpos durantes duas semanas no Cheschvan todos os anos.
Ok, Hank quer guerra por liberdade e vai fazer de tudo por isso.
Logo após isso começamos nos dias atuais, Nora acorda no cemitério sem nenhuma lembrança dos últimos 5 meses da sua vida, ela não se lembra de Patch, não se lembra de Scott, de Rixon e nem mesmo de Hank ser seu pai. Ela logo descobre que sua mãe está namorando com Hank e é obrigada a aguentar em silêncio a frustração e repulsa que sente pelo relacionamento de ambos, dando respostas secas e se mantendo afastada. Inclusive num dos jantares com Hank e sua mãe ela simplesmente foge do jantar após encontrar Marcie que também não gosta muito da ideia de união de seu pai. Nora acaba parando em um beco onde encontra anjos caídos brigando com um nefilim, ela sabia o que estava acontecendo, mas não conseguia se lembrar por que, o que era aquela cena, ela não sabia explicar ou imaginar o por que dela saber o que eles eram e por que estavam brigando e ela logo foi parar no meio da briga e o que vocês acham que acontece? Oh, vocês sabem assim como eu, é claro que Patch, chamado agora de Jev, está de olho em tudo e simplesmente ajuda Nora a fugir. Lembrando que ele apareceu no sonho de Nora algumas páginas antes, um simples sonho fez com que Nora se lembrasse de alguns trechos de sua vida, mas Patch logo a expulsou e a fez esquecer novamente para tentar protegê-la e novamente estão cara a cara.

“A lua rompeu por um instante a barreira de nuvens, e consegui ver os olhos dele. O veludo negro desaparecera, substituído por um preto metálico, frio. Eram olhos que guardavam segredos. Olhos que mentiam sem se alterar. Olhos dos quais é difícil escapar depois que se mergulha neles.”

Após esta cena, Jev deixou Nora em algum lugar da estrada para que pudesse voltar para casa e ela tocou acidentalmente as cicatrizes de suas costas podendo então entrar em uma lembrança em que Hank estivera com Jev em um galpão com um arcanjo preso em uma jaula. Guarde essa parte, mais tarde esse arcanjo vai ter um papel muito importante. E quando Nora simplesmente voltou a si, Jev já não estava mais lá. Ela pegou um táxi e foi para casa sem saber realmente o que tinha acontecido. Depois teve uma longa conversa com sua mãe em que ela perguntou sobre Jev e ela não reconheceu, falando muito pouco sobre (Patch) um garoto com quem Nora saía. Ok, não precisa ser exímio em nada pra perceber que desde o começo a mãe de Nora jamais gostou de Patch, por aí já entendemos o por que dela não ter falado muito ou detalhado sobre ele. Mas o que simplesmente não da para engolir é esse mesmo comportamento em Vee (por mais que ela também não gostasse de Patch), que quase não aparece neste terceiro volume da série. Sabemos que a memória de Vee também foi lançada ao escuro para que não se lembrasse de Rixon, mas fica uma grande dúvida quando ela esconde sobre Patch a Nora. Quando li pensei que ela não se lembrasse dele também e, por isso, não podia dizer nada. Mais tarde soubemos que tudo era plano da mãe (louca) de Nora. Vale contar que criei uma grande antipatia por ela durante o livro, ainda mais ela tendo Hank como namorado. Odeio esse cara, e eu achando que ele seria bonzinho.
Depois de toda essa história encontramos Scott, que tinha fugido e estava desaparecido/escondido desde então. Ele contou tudo o que Nora queria saber, respondeu a todas as suas perguntas e dúvidas e então Nora nunca teve tanta certeza como naquele momento, ela sabia que tinha sido sequestrada por Hank e estava determinada a se vingar. Então ela e Scott formaram uma parceria e encontraram um galpão onde Hank trabalhava secretamente em sua seita de nefilins. Mas não tiveram muito tempo e tiveram de escapar antes que fossem pegos. Com isso, Nora voltou no outro dia depois de uma “briga” com Scott por alguma coisa que eu não me lembro agora (por favor, me perdoem rsrsrs eu não ando dormindo muito). Ok, não precisa de muito pra saber que Nora está fazendo merda de novo e vai dar em merda de novo, também não precisa de muito pra saber que Jev irá salvá-la do que quer que fosse novamente e sempre. O que aconteceu, Nora descobriu outro galpão cheio de nefilins e foi pega, ela teve de fugir junto de Jev num disfarce criado para que não fossem reconhecidos e então entraram em uma boate cheio de undergrounds.

“[…] Enquanto estava ali, naquela boate, nos braços de Jev, sucumbir era muito fácil.
Os lábios dele roçaram minha orelha.
-Em que está pensando?
Fechei os olhos por um instante, mergulhando na sensação. Em como me sinto quente. Em como cada centímetro de meu corpo fica inacreditavelmente vivo, vibrante e irracional quando estou com você.
Sua boca se curvou num sorriso sexy, quase imperceptível.
-Hummm.
-Hummm? – Desviei os olhos e, agitada, usei a irritação como disfarce para o desconforto. -Hummm significa o quê, exatamente? Não consegue formular frases com mais de cinco palavras? Todos esses ruídos e gemidos fazem você parecer… primitivo.
Seu sorriso se alargou.”

Depois disso nefilins entraram no local e tiveram de fugir, Nora quase foi pega, mas é claro que imediatamente Jev a salvou e então a levou até seu novo esconderijo no parque de diversões Delphic, onde tudo era muito luxuoso e confortável. Então várias verdades foram ditas, vistas, sentidas e foi aí que o pega entre Patch e Nora aconteceu. Ohhhh!

“Os lábios dele se abriram sob os meus, seu corpo estremeceu, e ele desistiu de manter o pouco controle que ainda tinha. Os braços me envolveram, apertando-me contra seu peito. Ele me beijou com mais força, e a profundidade de minha resposta me deixava nervosa.”

Depois disso Nora passou a noite dormindo com Patch (uma cena muito esperada, na verdade), descobrindo pela manhã que ele havia enganado Vee para dizer a mãe de Nora que estava com ela, o que não foi muito bem aceito por Hank que ligou para a mãe de Vee para tirar a prova. Como um plano B, Nora explicou a ele que o carro havia quebrado e Vee a estava ajudando e horas se passaram até que conseguisse fazer o carro funcionar. Eu devo dizer que gelei nesse momento lendo o livro, por que Hank, muito espertinho, quis abrir o capô e ver o que estava de errado. Por sorte, havia algo mesmo de errado que Patch havia causado para que não houvessem suspeitas.
Então vem a parte do colar de anjo (que Hank usara Marcie para descobrir onde estava e forçar o arcanjo prezo na gaiola a contar umas verdades, mais tarde Patch armou um plano para que o colar chegasse nas mãos de Hank sem suspeitas), o baile em que Nora tem como acompanhante Scott, não muito bem aceito por Patch, Marcie a tratando gentilmente e a indicando como rainha do baile, Nora e Marcie indo as compras para um vestido para o baile, a bolsa de Nora sendo roubada, e Dabria. Cara, eu tenho que dizer que fiquei muito impressionada com Dabria aparecendo mais uma vez nesta trama, eu não esperava e Becca conseguiu me surpreender com esse trunfo. Ok que não sabíamos o que Patch tinha feito com ela em Sussurro, eu acreditava profundamente que ela estava morta ou presa no inferno pelo menos, mas ela simplesmente estava viva e lendo a sorte de muitos por aí simplesmente por dinheiro (eu não engoli isso). Não sei se ela foi muito útil, mas no final das contas Nora foi capturada novamente por Hank (culpa do Scott que a atraiu para fora do esconderijo de Patch por que precisava de ajuda) e forçada a fazer um juramento de que se ele morresse Nora assumiria seu exército nefilim, colocando a sua cabeça e a de sua mãe a prêmio caso não cumprisse o acordo, tudo isso por que Hank estava com a mãe de Nora em refém, mesmo sem ela saber e Nora, sem muita escolha aceitou.
Essa parte é extremamente importante, por que Nora havia sofrido um acidente antes que fosse capturada novamente, estava claro que o acidente foi arquitetado por Hank depois que ele contou a ela que sua mãe tinha caído da escada e estava no hospital (mentchera). Só pude saber com certeza por que ele havia feito tudo isso quando ele a forçou a fazer o juramento. Hank precisava que Nora fosse uma nefilim pura e por isso injetou parte de seu sangue nas veias de Nora para que se tornasse uma primeira geração nefilim, o que deu certo, pois depois ela percebeu sua força não humana crescer, revelando a uma Nora ainda desmemoriada que era filha de Hank.
Mais tarde Nora conseguiu escapar com sua mãe e encontrou Marcie totalmente nervosa e abalada, deixou as duas na casa de Vee para que pudesse encontrar Patch e não muito tempo depois voltou à “casa” de Patch e o encontrou totalmente nervosa pelos últimos ocorridos e sem saber se Patch ainda a aceitaria, sendo agora nefilim. Ele lhe mostrou pelas memórias tudo o que tinha acontecido naquela noite. Patch invadindo um galpão com anjos caídos atrás de nefilins, Dabria capturando Hank e finalmente sozinho com o arcanjo e uma longa conversa. Inclusive Marcie estava lá fugindo para não entregar o colar de arcanjo para Hank temendo que ele machucasse o arcanjo engaiolado. No fim de tudo há uma explicação, Patch havia feito um acordo com os arcanjos para que pudesse matar Hank (com o consentimento de Nora, é claro, por que ela o havia feito prometer que não mataria Hank sem ela), em troca não haveria guerra entre arcanjos, anjos caídos e nefilins e tudo foi muito bem aceito. Então Patch explicou que havia voltado e não tinha a encontrado, então novamente foi atrás de Dabria e trouxe Hank para um quarto escuro e desajeitado no Delphic, onde estava preso. Patch levou Nora até ele e ela cuspiu palavras de ódio e vingança sem pensar duas vezes, liberando Hank da morte, então uma nova ameaça surgiu, Hank tinha uma pena de Patch e antes que conseguisse queimá-la (medo percorreu as minhas veias neste momento e juro que pensei junto com a Nora) Nora acertou-lhe um tiro que o matou.
Essa cena simplesmente me aliviou, claro que seria interessante Patch acorrentado no inferno, mas eu realmente fiquei apavorada com a ideia e Hank mereceu morrer de todas as formas.

“-Acredita mesmo que vai ser tão fácil?
Patch riu, mas foi uma risada breve, abafada.
-Se eu quisesse facilidade, teria me acorrentado no inferno ao lado de Rixon. Nós dois poderíamos relaxar e desfrutar do calor juntos.”

Nesta cena, Patch e Nora haviam se livrado do corpo de Hank no mar e eles discutiam a gravidade de sua morte, se seria fácil ou não estarem juntos agora que Nora tinha a consciência de que lideraria o exército de nefilins de Hank. Então outro assunto surgiu, o acordo de Patch com os arcanjos para que a morte de Hank fosse possível. Soubemos que Patch poderia ter pedido para se tornar humano e o conhecimento disto deixou Nora triste sabendo que era o que o anjo mais queria, mais procurava durante toda a sua vida. Mas uma frase simplesmente nos mostrou o quão Nora é mais importante que qualquer outra coisa que ele queira. Oh Patch, esse menino é de ouro, alguém mais quer um? Adoraria, sim, obrigada!

“-Ei, escute o que vou dizer. Agora a resposta completa é que tudo em mim mudou desde que conheci você. O que eu queria há cinco meses é diferente do que desejo agora. Eu queria um corpo humano? Sim, queria muito. isso é uma prioridade agora? Não. – Ele me encarou sério. -Abri mão de tudo que queria por algo de que eu precisava. E eu preciso de você, Anjo. Mais do que jamais poderá entender. Agora você é imortal. E eu também sou. Isso muda tudo.
-Patch… – Fechei os olhos e tentei respirar, mas meu coração batia descompassadamente.
Os lábios tocaram minha orelha num beijo leve, provocante.
-Amo você. – A declaração foi direta, carregada de afeto. -Você me faz lembrar de quem eu era. E me fez querer ser aquele homem outra vez. Neste momento, com você em meus braços, sinto que temos uma chance de conseguir superar tudo juntos. Sou seu… se você me quiser.”

Declarações a parte, Nora e Patch voltaram para o Delphic e na manhã seguinte Nora fora para casa pretendendo contar toda a verdade para Vee e sua mãe mais tarde. Quando entrou, Patch teve certeza de que havia alguém ali, então Scott e mais dois nefilins apareceram, intitulados de Dante e Tono, tenentes do exército de Hank que exigiam que Nora estivesse presente para acalmar os nefilins que, com a morte de hank, não sabiam mais o que fazer (oh dó). Ela simplesmente deu um basta quando disseram que não queriam que Patch estivesse presente durante a conversa, então pensei que Nora poderia fazer realmente isso, liderar um exército, ela parecia firme e ao mesmo tempo suave quando bateu o pé no chão e mostrou sua decisão. De que não haveria guerra e que eles por bem ou mal aceitariam Patch. Agora é oficial, as coisas realmente se complicarão a partir daí e Patch e Nora tem a total consciência disso.

tumblr_n1z9a5lMqP1sr9ajqo1_500

Galere, eu sei que a resenha ficou grande (demais), mas realmente muita coisa aconteceu durante o livro e ainda pulei algumas partes. Me deram a ideia de vlogs, o que seria melhor já que não cansaria muito a leitura das resenhas. Não sei o que vocês acham disso, mas eu pelo menos não pretendo por enquanto pela simples presença irritante do meu sotaque caipira hahaha. A menos que alguma pessoa legal, bonita e gentil, que ama livros tanto quanto nós do Estação queira se candidatar ❤ daremos total liberdade a quem quiser!

Então finalizando, eu estou totalmente sem palavras e chocada com esse livro, pra mim ele sem dúvidas foi a cereja do bolo e com certeza Finale tem muito mais a nos mostrar e eu espero sinceramente que Patch possa sentir, por que, vamos combinar, meio bosta você namorar alguém que não sente um toque, apesar de tornar a coisa toda de certo modo mais especial. Mas aguardo coisas boas para o próximo livro, inclusive sei que ele não vai terminar bem antes de um furacão de brigas e lutas, Nora simplesmente vai ter que escolher o inimigo menos pior para ter de lidar depois e ela não pode quebrar uma promessa. Então vamos esperar pela próxima resenha da série (que vai demorar um pouquinho 😦 ). Devo dizer que, esta se tornou uma de minhas séries favoritas ❤
Não quero ver o fim dela NUNCA. Totalmente apaixonada e não tenho arrependimento nenhum de tê-la começado. Incentivo totalmente quem quiser ler a comprar os livros na livraria mais próxima ou pelo submarino que está um absurdo de barato 😉
Ahhhhhh, outra coisa que me surpreendeu muito, Nora ter perdido as memórias e ter sido sequestrada foi uma grande mudança, reviravolta, trunfo para esta série, eu estava esperando menos que isso e realmente fiquei surpreendida, espero que Finale tenha este mesmo efeito sobre mim ❤

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s