Plataforma dos Sonhos

Tempo, Congele!

14341566_10210575547171253_260970351_n

Tudo o que eu mais queria era que o tempo parasse para que eu só pudesse respirar e sentir que tudo estaria acabado no segundo seguinte em que eu soltasse o ar que queima em meus pulmões como ácido.
Talvez por que o meu tempo esteja se esgotando eu queira fazer tanta loucura, tanta insanidade, revelar o mundo doentio que vive na minha cabeça, tudo pelo qual irei me arrepender depois. Essa é a única explicação que eu acho verdadeira e que faz sentido para a explosão de coisas que tenho sentido e arriscado à minha volta. Talvez por que eu saiba que o tempo está se esgotando, talvez por que eu saiba que eu tenho que aproveitar antes que meu ultimo mês, antes que meu ultimo dia, minha ultima hora, meu ultimo momento, segundo, se esgote e eu já não possa mais fazer nada para mudar tudo aquilo que por séculos tenho sido. É como uma regressão, e ela te faz sentir dores no lugar onde foi atingido. E eu não quero que a minha vida tenha sido um desperdício, eu não quero acabar deixando para trás milhões de questões que eu não pude terminar.
O que eu posso dizer? Eu tentei!
E a ficha só parece cair agora, eu não sei como impedir.
A cada segundo estou morrendo.
Eu só queria que o tempo congelasse e eu poderia gritar sem que ninguém me ouvisse, eu poderia, finalmente, dizer tudo aquilo que vive em mim, em voz alta, sem que alguém realmente pudesse me escutar ou roubar de mim o fôlego que eu preciso ter para encarar a realidade.
Eu sei o que acontecerá depois, eu sei o que acontecerá mais tarde. Eu gostaria de não ser parte disso, mas não há saída. Por amor, nós sacrificamos até mesmo a nossa vida e eu estou disposta a envenenar a minha mente com a tua imagem para que você seja salvo de tudo aquilo que eu fiz, de tudo aquilo que eu fui e não perdoo, por que talvez eu tenha mudado, mas foi o suficiente? Foi o suficiente pra você ou eu já posso parar por aqui? A única coisa que eu não posso fazer é mudar as coisas quando elas ficam escuras. Eu nunca fui a luz. Eu não sou o anjo. Eu falhei?

Fotografia: #Rodrigo Aquino

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s