Locomotiva Literária

Resenha: Lick – Kylie Scott

A princípio, quando comecei a ler Lick, eu estava com a expectativa correndo pelas minhas veias impressionantemente, e posso confirmar, embora tenha sentido muita raiva do Dave por uma certa parte mais pro fim da leitura, eu amei, cada pedaço, cada linha. E, além de tudo, amigo leitor, eu devo dizer que, a Ev é como a mãe do restante da sequência, ela é bem presente e preocupada com os amigos. Lick é o começo de tudo, e que começo hein?!

lick-01

Bom, o que falar? Lick é uma mistura de loucura, uma dose de adrenalina e muita bebedeira em Vegas com direito a casamento e tudo. O que torna a trama do livro divertido é justamente a confusão feita em torno dos acontecimentos. Como uma garota normal, que segue os planos da família, acaba casada com o astro do rock mais bonito, mais talentoso e rico do mundo e acaba famosa no dia seguinte e bajulada pela mídia? Quem nunca sonhou algo parecido com o seu cantor, guitarrista, baterista, enfim, favorito, que atire a primeira pedra.

lick-03

E o gatilho inicial pra isso tudo é que simplesmente Ev está fazendo 21 anos e quer comemorar em grande estilo, ela e a amiga Lauren vão para Vegas e o impossível acaba acontecendo: Ev acorda na manhã seguinte passando mal da bebedeira e casada com David Ferris, guitarrista da banda Stage Dive. Totalmente atormentada pela mídia, pelos fãs loucos e tudo o que a fama pode proporcionar a uma pessoa que não está acostumada com atenção. Ev tem o nome de David tatuado na bunda glúteo, e David o nome de Ev no antebraço como um símbolo forte e a mostra.
Eu acho que estou enfatizando a ideia, mas é realmente engraçado e aos poucos vamos descobrindo exatamente o que aconteceu na noite em que ambos decidiram se casar, pois Ev não se lembrava de nada e isso parecia (obviamente) deixar Dave chateado, já que ela também o cobrava a respeito. Eles acabam por optar pelo divórcio logo de início, Ev é atormentada pelos advogados e Dave, sendo salva no final por Mal, o baterista da banda que acrescenta em Lick um pouco do seu humor e de sua verdadeira personalidade. Guarda essa informação, pois falaremos dele na próxima resenha ❤
Então, Ev e Dave acabam por passar um tempo em Monterey numa casa de Dave, longe de qualquer paparazzi ou jornalista e ali, eles acabam se redescobrindo. Ev, que tem um grande sentimento por Dave, e Dave que nunca tinha tanta certeza quanto a se casar com Ev. Mas a história que envolve a casa, os brincos de Dave e uma fofoca de Lauren a respeito da primeira namorada dele tê-lo traído faz com que Ev sinta-se desconfortável e sem saber onde pisar.

“Só se consegue cantar “I Will Survive” determinado número de vezes antes de sentir vontade de se esganar.”

lick-02

Enfim, ao decorrer da história veremos uma grande evolução de Ev e Dave, um forte acontecimento que fica difícil de Ev perdoá-lo, mas que aos poucos vai se provando o quanto se amam e o quanto estão dispostos um pelo outro. Ev até mesmo sai da zona de conforto imposta por seus pais e resolve seguir sua vida do seu próprio jeito e ao lado de Dave, sem se importar com nada. Afinal, não era esse o plano inicial?

E eu devo dizer, o que mais amei em Lick foi toda a linguagem que Kylie usou, tornando-a sempre divertida, relaxada, fácil e fazendo com que eu não desgrudasse nunca os olhos. Essa leitura durou cerca de 4 dias e atendeu todas as minhas expectativas. E embora você não precise ler os livros na sequência (assim como eu fiz), você tem que saber que, alguns mínimos detalhes poderão revelar spoilers.
Eu havia comprado toda a trilogia na estande da editora Universo das Letras na Bienal, então dos 10 livros que comprei lá, esse foi o primeiro que li, e a única forma de eu não ter me matado por ter acabado é que eu definitivamente já havia começado a ler Play no mesmo instante e isso se aplicou ao Lead também, quando terminei Play. E vale lembrar, cada livro se trata de um personagem que compõe a banda. Os risos foram muitos, as cenas quentes são bem trabalhadas e Ev é com certeza uma personagem mulher forte e adulta, ela nos faz pensar que, às vezes a nossa inconsequência pode ser uma bênção, ela literalmente saiu do casulo e eu a adorei. Todos os personagens são bem construídos, embora o foco de cada um fique em cada livro da saga, mas eles nos dão noção do que virá depois de Lick.
Espero que vocês também gostem, pois essa trilogia entrou pro meu ranking de 10 livros favoritos ❤

E pra finalizar, uma música da minha banda favorita para acompanhar nessa delicia de leitura. Um beijo pra quem fica e uma boa leitura a todos 😉

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s