Lançamentos mês de #junho

E esse post não teria vindo em melhor hora senão esta!

O mês de junho é sempre o mês do amor e do romantismo, o mês de dar presentes a aquela pessoa amada que você quer mais do que nunca agradar numa data especial. Então, antes deste grande dia, e nada atrasados este mês, trago a todos os lançamentos de junho. Livros em pré-venda que trazem novas histórias a serem lidas.

Vamos embarcar nessa?

Suma de Letras, esta editora incrível e boa publicadora de livros está com três novidades que chamam a atenção.

O primeiro deles? O Livro do Juízo Final, de Connie Willis.

juízo final

Sinopse: Para Kivrin, que se prepara para um estudo de campo em uma das eras mais mortais da história humana, viajar no tempo é tão simples quanto tomar uma vacina — desde que seja uma vacina contra as doenças encontradas na Idade Média. Já para seus professores, isso significa cálculos complexos e um monitoramento constante para garantir o reencontro.
No entanto, uma crise de proporções inimagináveis pode colocar o futuro de Kivrin, e de todo o Reino Unido, em perigo. Seu professor mais próximo, o sr. Dunworthy, fará de tudo para resgatá-la. Mas até que ponto é possível desafiar a morte?
De 1300 a 2050, Connie Willis faz um trabalho magnífico na construção de personagens complexos, densos e pelos quais é impossível não sentir empatia. O livro do juízo final é ao mesmo tempo uma incrível reconstrução histórica e uma aula sobre o poder da amizade.

Pré-venda: Amazon.

os deuses da culpa

Sinopse: Quando o advogado Mickey Haller recebe a mensagem “Me liga urgente — 187”, o código penal para assassinato logo chama sua atenção. Casos assim são sempre os mais complicados ― e os que pagam melhor ―, o que significa que ele não pode falhar.
Mas quando descobre que a vítima é uma ex-cliente, uma prostituta que ele ajudou a tirar das ruas, Mickey sente que sua reputação está em jogo. A vítima estava de volta a Los Angeles e de volta à prostituição ― mas por quê? De repente, Mickey percebe que, em vez de salvá-la, pode ter sido ele a colocá-la em perigo.
É hora de confrontar seu passado, e Haller precisará de todo seu talento e esperteza para cuidar de um caso que pode ser sua redenção ― ou a prova de toda a sua culpa.

Pré-venda: Amazon.

a caixa preta

Sinopse: Em 1992, Los Angeles viveu uma onda de protestos que deram início a vários dias de anarquia e violência. Foi quando o detetive Harry Bosch viu a fotojornalista Anneke Jespersen pela primeira vez: assassinada à queima-roupa no fundo de um beco escuro. Na confusão da época, o crime nunca foi resolvido.
Vinte anos depois, Bosch tem uma nova chance de solucionar o mistério. Um caso o leva de volta àquela fatídica noite, e ainda mais longe, aos campos de batalha onde Anneke fez registros sangrentos e crimes de guerra foram enterrados; crimes que há décadas esperam por justiça.

Pré-venda: Amazon.

♠ ♠ ♠

A Editora Arqueiro este mês trouxe uma novidade mais do que excelente. A Casa do Lago finalmente chegou ao Brasil.

a casa do lago

Sinopse: A casa da família Edevane está pronta para a aguardada festa do solstício de 1933. Alice, uma jovem e promissora escritora, tem ainda mais motivos para comemorar: ela não só criou um desfecho surpreendente para seu primeiro livro como está secretamente apaixonada. Porém, à meia-noite, enquanto os fogos de artifício iluminam o céu, os Edevanes sofrem uma perda devastadora que os leva a deixar a mansão para sempre.
Setenta anos depois, após um caso problemático, a detetive Sadie Sparrow é obrigada a tirar uma licença e se retira para o chalé do avô na Cornualha. Certo dia, ela se depara com uma casa abandonada rodeada por um bosque e descobre a história de um bebê que desapareceu sem deixar rastros.
A investigação fará com que seu caminho se encontre com o de uma famosa escritora policial. Já uma senhora, Alice Edevane trama a vida de forma tão perfeita quanto seus livros, até que a detetive surge para fazer perguntas sobre o seu passado, procurando desencavar uma complexa rede de segredos de que Alice sempre tentou fugir.
Em A casa do lago , Kate Morton guia o leitor pelos meandros da memória e da dissimulação, não o deixando entrever nem por um momento o desenlace desta história encantadora e melancólica.

À Venda: Amazon | Livrarias Curitiba | Livraria Cultura | Saraiva | Livraria Travessa.

♠ ♠ ♠

Já a Darkside, este mês caprichou, como sempre, trazendo Noturno.

noturno

Sinopse: Você já teve um sonho que jurou ser real? Ou até mesmo aquela sensação de déjà-vu ao passar por um lugar em que com certeza nunca esteve? Agora imagine se esse local for uma cena de crime e você, um detetive de homicídios? Para piorar: e se, nos sonhos, você fosse o próprio assassino para, num piscar de olhos, acordar e estar no mundo real com uma pessoa morta aos seus pés? É exatamente essa a situação em que Bryan Clauser, um policial de San Francisco, se encontra. Como aconteceria a qualquer um de nós, ele pensa que está perdendo a cabeça — mas os pesadelos, infelizmente, são muito reais. Junto com o parceiro Pookie Chang e a ex-namorada Robin, Bryan começa a investigar os crimes que, de alguma forma, ele vê em primeiríssima mão, no momento em que estão sendo cometidos. A questão que não quer calar é: quem está cometendo esses assassinatos? Quando as investigações levam Bryan e Pookie a um adolescente chamado Rex Deprovdechuck e ao fato de que todas as vítimas mortas faziam bullying com ele no colégio, os dois acham que o mistério está praticamente no fim — e que Bryan será inocentado. No entanto, quanto mais o detetive explora esse mistério, mais ele descobre sobre uma conspiração e um estranho culto que opera em San Francisco praticamente desde a sua fundação. Existe uma cidade viva e faminta nas sombras — e ela pode colocar todo o mundo em risco.

Pré-venda: Saraiva.

♠ ♠ ♠

A Pandorga este mês também está recheada de novidades nacionais na pré-venda pra você escolher qual te agrada mais 😉

voraz

Sinopse: Clara é uma brasileira que tem um relacionamento complicado e cheio de traições com Eric. Todo o sofrimento causado pelas idas e vindas desse romance acaba afetando seu lado profissional e sua vida social. Após ser demitida e encontrar Eric mais uma vez com outra mulher, Clara decide retomar sua vida e, seguindo o conselho de uma de suas amigas, resolveu fazer uma viagem para a Grécia. Assim que desembarca na Grécia, ela conhece Alexandros. Clara fica encantada com a beleza dele, mas ao mesmo tempo desapontada com sua arrogância, Alexandros, grego e multimilionário, a deseja no momento em que coloca os olhos nela, mas com medo de que ela se interesse apenas por seu dinheiro, ele tenta não se envolver e acaba sendo grosseiro. Recheado de romance, ciúmes, intriga e cenas quentíssimas, “Voraz” envolve o leitor em uma viagem imaginária. É um dos seis livros que conta a história de cinco amigas. Clara, Alice, Lívia, Ana e Giulia vão fazer você viver junto com elas novos conceitos sobre sexo e aventuras na vida de mulheres contemporâneas, ousadas e românticas.

Pré-venda: Saraiva.

as coisas não são bem assim

Sinopse: Clarice, uma jovem estudante de medicina, perde seu namorado, que acreditava ser o grande amor da sua vida, às vésperas de formatura, após sofrerem um grave acidente de carro. Morre com Guilherme um pouco da alegria de viver de Clarice, da sua esperança e do seu futuro. Depois de mais de um ano do falecimento de seu amado, o destino coloca na vida de Clarice, Henrique, um jovem advogado viúvo e pai de Duda, uma menininha loira, muito esperta e amorosa. Envolvidos por um sentimento sincero, terão que enfrentar grandes dificuldades e um sofrimento inesperado. É uma bonita e delicada história sobre recomeço, fé, esperança e sobre o poder do amor.

Pré-venda: Saraiva.

promiscuo

Sinopse: Duas vidas entrelaçadas por um mesmo propósito. Um carma que é passado por diferentes gerações unindo duas mulheres em épocas distintas. De um lado, está Maria Scarlet, uma prostituta de um passado distante que, após apanhar muito da vida, consegue se estabelecer como dona de um bordel. Com o tempo, o bordel ganha fama e se torna referência na pacata Holanda de 1750, derivando a qualidade de seu nome para a rua a qual o estabelecimento funcionava: “Red Street”, atualmente conhecida como “Red Light”. Do outro lado, está Anna Lara, uma mulher frágil e atormentada pelas lacunas do seu sombrio passado. Com o suporte de Maria Scarlet, Anna Lara cria defesas emocionais por meio da energia sexual que recebe de sua protetora e se torna participante ativa e assídua de toda forma de desvio sexual, ao lado de seu parceiro de vida, Jota Jr. Em um enredo psicológico completamente envolvente, Anna Lara esbarra nas lacunas sexuais escondidas nas partituras não terminadas de um universo promíscuo e misterioso.

Pré-venda: Saraiva | Livraria Cultura

♠ ♠ ♠

A Editora Verus, linda e maravilhosa como sempre é, também está trazendo leituras incríveis este mês impossíveis de serem ignoradas.

o sorriso da hiena

Sinopse: É possível justificar o mal quando há a intenção de fazer o bem? Uma trama complexa de suspense e jogos psicológicos. Atormentado por achar que não faz o suficiente para tornar o mundo um lugar melhor, William, um respeitado psicólogo infantil, tem a chance de realizar um estudo que pode ajudar a entender o desenvolvimento da maldade humana. Porém a proposta, feita pelo misterioso David, coloca o psicólogo diante de um complexo dilema moral. Para saber se é um homem cruel por ter testemunhado o brutal assassinato de seus pais quando tinha apenas oito anos, David planeja repetir com outras famílias o mesmo que aconteceu com a sua, dando a William a chance de acompanhar o crescimento das crianças órfãs e descobrir a influência desse trauma no desenvolvimento delas. Mas até onde William será capaz de ir para atingir seus objetivos?
Em “O sorriso da hiena”, o leitor ficará fisgado até a última página enquanto acompanha o detetive Artur Veiga nas investigações para desvendar essa série de crimes que está aterrorizando a cidade.

À Venda: Saraiva | Livraria Cultura | Livraria da Travessa.

esposa ate segunda

Sinopse: O segundo livro da série Noivas da Semana. Carter Billings: com seus cabelos loiros, olhos azuis e beleza hollywoodiana, ele pode ter a mulher que quiser. Mas, quando decide concorrer à vaga de governador do estado da Califórnia, Carter sabe que vai precisar abandonar a vida de solteiro e se tornar um homem de família. E para isso ele precisa de uma esposa. Entra Eliza Havens, que gerencia a agência de casamentos Alliance. Eliza Havens: ela está feliz por sua amiga Sam ter arrumado um marido rico e atraente. Só tem um detalhe que a deixa louca da vida: o melhor amigo dele, o sexy e ousado Carter Billings. Eliza nunca brigou tanto com um homem — e nunca conheceu alguém que mexesse tanto com ela. Juntar pessoas solitárias é a maneira como Eliza ganha a vida, porém um obscuro segredo do passado a faz descartar totalmente a possibilidade de se casar. Pelo menos foi assim até agora…
“Acompanha marcadores de página de Brinde somente nas compras realizadas no período de pré-venda. ”

Pré-venda: Saraiva.

♠ ♠ ♠

É o Seguinte, hahaha!
Esta editora maravilhosa está trazendo este mês histórias sobre a guerra e superação. Com previsão de lançamento para o final do mês.

sangue por sangue

Sinopse: Para o Terceiro Reich, a Segunda Guerra Mundial pode ter acabado, mas para a resistência a luta está apenas começando. Yael é sobrevivente de um campo de extermínio e tem uma habilidade especial: é uma metáfora, capaz de mudar a aparência física e assumir a forma de qualquer pessoa. Ela também é uma garota em fuga — o mundo acabou de vê-la atirar e matar Adolf Hitler. Yael é a inimiga número 1 da Germânia e de seus aliados, e vai precisar se infiltrar no território inimigo mais uma vez se não quiser pagar com o seu próprio sangue. Em meio a segredos sombrios acompanhados por verdades obscuras, apenas uma pergunta paira na mente de todos do grupo de Yael: o quão longe você iria por aqueles que você ama?

Pré-venda: Amazon | Saraiva | Livraria Cultura.

a logica inexplicavel da minha vida

Sinopse: Salvador levava uma vida tranquila e descomplicada ao lado de seu pai adotivo gay e de Sam, sua melhor amiga. Porém, o último ano do ensino médio vem acompanhado de mudanças sobre as quais o garoto não tem nenhum controle, como ímpetos de raiva que ele não costumava sentir. Além disso, Salvador tem que lidar com a iminente morte da avó, com uma tragédia repentina que acontece na vida de Sam e com o fato de seu pai estar se reaproximando de um ex-namorado. Em meio a esse turbilhão de sentimentos, que vão do luto ao amor e da amizade à solidão, Sal passa a questionar sua própria origem e identidade, e tenta encontrar alguma lógica para a sua vida — uma tarefa que parece quase impossível.

Pré-venda: Amazon | Saraiva.

♠ ♠ ♠

Grupo Editorial Record, dona de vários selos, também está trazendo algumas de suas novidades carregadas de heroísmo.

policia

Sinopse: A polícia de Oslo precisa desesperadamente de Harry Hole. Mas, dessa vez, talvez ela não possa contar com seu detetive mais brilhante…. Ao longo dos anos, o inspetor Harry Hole esteve envolvido nos principais casos de assassinato em Oslo e salvou a vida de muitas pessoas. Mas, quando um assassino brutal ataca os policiais da cidade e seus colegas são expostos ao perigo, Harry não se encontra em posição de proteger ninguém – muito menos a si mesmo. Um investigador aposentado é assassinado de modo brutal em um bosque nos arredores da cidade; um detetive é morto com requintes de crueldade. Ambos são encontrados nos locais dos crimes que não foram capazes de solucionar. E o assassino não para por aí. Funcionando como uma força-tarefa, os amigos de Harry na polícia entram em ação. Apesar da falta de pistas, eles contam com uma ajuda inesperada para deter o assassino antes que seus colegas sejam as próximas vítimas.

Pré-venda: Saraiva | Livraria da Travessa | Livraria Cultura.

mulher maravilha

Sinopse: A história secreta da maior super-heroína de todos os tempos. A Mulher-Maravilha, personagem criada em 1941, é a super-heroína mais popular de todos os tempos. Com exceção do Superman e do Batman, nenhum super-herói tem uma carreira tão duradoura ou influencia tanta gente quanto ela. Em uma pesquisa fantástica realizada pela historiadora de Harvard e redatora da revista New Yorker Jill Lepore, o leitor terá acesso à origem dessa que é uma das mais importantes super-heroínas da cultura ocidental. Uma surpreendente trama familiar, fatos cruciais para o feminismo do século XXI e a Mulher-Maravilha como você nunca viu!

À venda: Saraiva.

pape satan aleppe

Sinope: O último livro escrito por Umberto Eco. Crises ideológicas, econômicas e políticas, individualismo desenfreado e uma relação simbiótica com nossos celulares são alguns dos elementos que compõem o ambiente em que vivemos: o de uma sociedade líquida, onde nada parece fazer sentido ou ter sequer algum significado. Neste que é seu derradeiro livro, a fim de tornar mais fácil a compreensão de nossa sociedade desnorteada, Umberto Eco nos presenteia com uma coleção de ensaios sobre tudo: de Harry Potter ao 11 de Setembro, passando pelo Twitter, os templários e questões de caligrafia. “Pape Satàn, pape Satàn aleppe”, disse Plutão no Inferno de Dante, com espanto, tristeza, ameaça ou talvez ironia. O significado do verso, ainda um mistério para nós, líquido demais, é perfeito, portanto, para caracterizar a confusão de nosso tempo e intitular esta obra.

Pré-venda: Amazon | Saraiva | Cia dos Livros | Livraria da Travessa.

o diabo ataca em wimbledon

Sinopse: “Até onde você iria para chegar ao topo? Da mesma autora de O diabo veste prada”!
Quando a tenista queridinha dos americanos, Charlotte “Charlie” Silver, faz um pacto com o diabo — o treinador carrasco Todd Feltner —, é catapultada para um mundo de estilistas famosos, festas exclusivas, jogos beneficentes a bordo de iates gigantescos e encontros românticos com a realeza hollywoodiana. Sob a nova direção impiedosa de Todd, Charlie, a menina boa, já era. Todd só quer saber de Charlie, a “Princesa Guerreira”. Afinal de contas, ninguém chega ao topo sendo bonzinho. Revistas e blogs de fofocas seguem Charlie freneticamente em suas viagens pelo mundo perseguindo vitórias em Grand Slams e manchetes no Page Six. Mas, quando a estrela da Princesa Guerreira ascende dentro e fora das quadras, há um preço a pagar. Num mundo obcecado por aparências e celebridades, estaria Charlie Silver disposta a se perder para vencer a todo custo? De Wimbledon ao Caribe, do US Open ao Mediterrâneo, O diabo ataca em Wimbledon é um passeio sexy e perversamente divertido por um mundo em que as apostas são altas — e as regras do jogo nem sempre são respeitadas.

Pré-venda: Amazon | Saraiva.

♠ ♠ ♠

E pra finalizar este post lindo com mais de 15 títulos, a líder Harper Collins, traz este mês a história da grande rainha Vitória, um exemplo a ser seguido. E Geada e Noite, terceiro e ultimo volume da trilogia Neve e Cinzas.

vitoria

Sinopse: Quando acordou, Alexandrina “Vitória” já não era mais a mesma. Com a morte de William IV, foi nomeada Rainha da Inglaterra. Muitos homens tinham dúvidas se aquela moça daria conta de governar um dos maiores reinos do planeta. A despeito de sua idade, a jovem rainha mostrou que tinha uma grande personalidade, tendo em mente o tipo de rainha que queria ser. Contra os princípios morais da época, a jovem rainha Vitória terá que convencer seus súditos e sua corte de que é capaz de governar sem o auxílio de um marido e com mão firme.

À venda: Saraiva.

geada

Sinopse: Angra está vivo, sua Ruína está se espalhando – e ninguém está a salvo. Meira fará de tudo para salvar seu mundo. Com Angra tentando derrubar suas defesas, ela precisa aprender a controlar sua própria magia desesperadamente – então quando o líder de uma misteriosa Ordem de Paisly se oferece para ensiná-la, Meira agarra a oportunidade. Mas o necessário para impedir a Ruína está escondido em um labirinto subterrâneo, abaixo dos Reinos Estações. Para derrotar Angra, Meira terá que adentrar o labirinto, destruir a própria magia que ela está aprendendo a controlar – e fazer o maior sacrifício de todos. Mather fará de tudo para salvar sua rainha. Ele precisa unir os Filhos do Degelo, achar Meira – e finalmente confessar como realmente se sente. Mas com um plano de ataque que não poupa nenhum reino e uma surpreendente traição em seus ranques, ganhar a guerra – e proteger Meira – está cada vez mais fora de alcance. Ceridwen fará de tudo para salvar seu povo. Angra ordenou a morte de seu irmão, roubou seu reino e a fez prisioneira. Mas quando ela é solta por um aliado inesperado que revela uma verdade chocante sobre o mercado de escravos de Verão, Ceridwen deve agir para salvar seu verdadeiro amor e seu reino, mesmo que isso custe o pouco que ela ainda tem. Enquanto Angra espalha a Ruína pelo mundo, Meira, Mather e Ceridwen deverão unir os reinos de Primoria… ou perder tudo.

À venda: Amazon | Saraiva.

♠ ♠ ♠

Bom pessoal, é isso, espero que tenham se atraído pelas novidades este mês, são novidades únicas e eu sei que é bem difícil escolher.

De todas estas obras eu com certeza não abriria mão de Vitória de jeito nenhum, pois parece ser um livro de empoderamento feminino que tem muitas lições a serem passadas. E Umberto Eco que nos deixou um legado que precisa ser valorizado a cada dia para nos conhecermos e conhecermos as pessoas ao nosso redor, para trazer mais sentido à vida e compreensão a cerca de questões que muitas vezes estamos perdidos e não sabemos lidar.

E você? Qual leitura te chamou mais atenção?

Hugs and Kisses ;*

Resenha: Lead – Kylie Scott

E, por fim, enquanto ainda não temos Deep, temos que nos contentar com Lead sendo nossa última resenha aqui no blog. Mas não fiquem tristes, logo tem mais resenha por aqui  para sanar aquela ressaca literária.

lead-01

Jimmy Ferris, irmão mais velho do David, o maior problema da banda, vocalista, problemático, lindo e talentoso, além de ter passado um bom tempo em reabilitação para drogas e alcool.

Aparentemente, Jimmy parece ser indiferente, chatão, que não está nem aí com o coração das pessoas. Na verdade, a história dele é uma das mais pesadas dos três livros que compõe essa série. Um tema recorrente na vida de integrantes de bandas, sabemos qual foi a trágica história de Kurt Cobain e muitos outros astros do rock que enfrentaram uma barra por conta do vicio. Ficamos apreensivos quando lemos algo como Lead que nos mostra exatamente como é encarar os fatos, um pouco dessa realidade. Talvez não totalmente igual, mas uma parte, uma pequena parte que faz com que Jimmy se mantenha na sua, se afaste, fale pouco, não se relacione. Aos poucos vamos descobrindo que esse personagem tem coração sim e não é de Lead que criamos essa percepção, mas sim de Lick.

Temos Lena como sua assessora ou conselheira que mantém Jimmy nos trilhos, ela começa a conhecer um pouco mais dos por quês de Jimmy, pela convivência entre eles, eles passam a se abrir mais um com o outro e criando um relacionamento de guerra e paz, desordem e ordem, tudo ao mesmo tempo e misturado que faz com que eles criem uma ligação forte a ponto de se apaixonarem. Mas Jimmy parece não estar pronto ou não querer assumir por medo, e a todo custo faz com que Lena tente se interessar por outros homens, o que claro, não da certo, até por que, Jimmy ou sempre está com ela nos encontros ou está morrendo de ciúme.

A princípio, Lead não me conquistou muito, foi do meio do livro pro final que comecei a apreciar mais Jimmy, além de ver os problemas que ele enfrenta com a mãe viciada que faz um estardalhaço o acusando de algo que ele não é.
A primeira cena do livro é, logo de cara, chocante, pois retrata o funeral da segunda mãe de Jimmy e David, a mãe de Mal, Lori. Ela os abrigou, cuidou deles, deu apoio, comida e o que vestir e Jimmy esta fora de controle, pois teria que falar no funeral e estava completamente perdido, além de triste. Foi nesse primeiro momento que ele e Lena tiveram um contato, foi quando Jimmy a abraçou e disse que sua mãe estava o ameaçando. Então pós funeral, a mãe de Jimmy apareceu fazendo cena.
Se eu pudesse dizer, com toda precisão do mundo, qual cena mais me chocou, foi esta! E o meu pensamento foi o seguinte: como um homem lida com isso? Então a história deste membro da banda é um pouco complexa, além das traições, as bobeiras e erros que o assombram, o abandono, a falta de apoio. Lena é a única pessoa que, por amor, queria desistir, e por amor, ficou até o final.

Acho que, uma das características de Kylie, além de construir personagens problemáticos que resolveram a vida, é construir personagens fortes, que sabem o que querem, o que não querem e dão conta do recado.

lead-02

Se eu pudesse dizer o que acho de Jimmy Ferris, diria que ele é um maldito bipolar (rsrsrs), mas vemos que ele só tem medo de pisar firme no chão. Não apenas Jimmy, como Lena também tem medo de seu coração ser magoado. Esta, é uma outra personagem que teve de enfrentar traições de pessoas muito próximas que ela amava e se importava e vemos ainda, que isso é algo que a machuca e não está resolvido.

No geral, não tenho muito o que dizer ou reclamar da leitura, eu só achei que ela poderia ter se desenvolvido mais e tido um final mais impactante e menos cliché, embora tenha gostado mesmo assim. E não desisti, ainda estou sedenta e quero ler a conclusão da série, Deep. Afinal, estamos falando de 4 membros de uma banda mais que famosa.

Lead também é sexy, o que diferencia é a falta de alcool e drogas, mas não deixa de ser interessante e nem hot, uma vez que, a provocação sempre está presente entre Jimmy e Lena.

“Seus lábios se abriram um pouco e ele se manteve rígido, deixando-me assumir a liderança. A expressão hesitante em seu rosto diminuiu até se parecer com curiosidade, seus olhos foram se fechando gradualmente.

-Obrigada. -Eu passei meus lábios nos dele, bem de leve -Você tem uma boca tão bonita, Jimmy, e seus lábios são tão quentes e macios. -Ele fez um barulho como aviso. Achonquenfoi bom. -Eu estava morrendo de vontade de te beijar.

Nossos narizes bateram um no outro e eu sorri, mudei a inclinaçâo do meu queixo e continuei. Abri meus lábios um pouco, beijando seu lábio superior mais e mais. Podia sentir sua respiração contra o meu rosto e sua barba na minha pele. Eu queria afundar inteira nele, conhecê-lo por dentro e por fora. Eu queria proteger e estimar, incentivar e amar. Muito lentamente ele se inclinou, se aproximando, me encontrando no meio do caminho.”

Chega até ser engraçado certas cenas do livro como Lena tentando arrombar a porta do quarto do Jimmy e torcendo o pé. É cômico por que Jimmy está na pior e só por que ele conseguiu arrombar a porta dela numa tentativa dela de ignorá-lo, ela acha que pode conseguir o mesmo e isso acabou bem ruim.

O nosso Dave passa a ser mais presente e preocupado, ele tem um crescimento secundário dentro do livro, mas sempre presente, costumo dizer que a força motriz é sempre David e Ev, eles são como monarcas, estão sempre preocupados e sempre dando conselhos aos amigos e tentando ajudá-los. E isso tanto com Lena quanto com Jimmy e só o fato deles se preocuparem com ambos faz com que os amemos ainda mais. E sabemos, isso não é só com Lena e Jimmy, foi também com Anne e Mal em seus piores momentos em Play. Se não fossem tão jovens, eu diria que David e Ev são os pais preocupados dos integrantes da banda. Mas afinal, todos eles são uma grande família.

E pra finalizar, deixo mais uma música para acompanhar na leitura de quem se interessou por toda a trilogia e vai mergulhar nas loucuras de Stage Dive, e realmente, você vai rir a beça, vai sentir raiva, vai se apaixonar e até mesmo chorar em certos momentos,  mas vai amar cada partezinha, cada detalhe. Eu espero que tenham gostado, que tenham chego até aqui e agradeço com o coração eufórico por estarem acompanhando. Um grande beijo ❤

Resenha: Play – Kylie Scott

Depois de quase engasgar com a leitura e todos os desafios e sentimentos proporcionados por Lick, já era hora de se entregar novamente a leitura de Play. E vou dizer, fica melhor!!

Na verdade, Play foi o primeiro livro da série Stage Dive que eu li, embora ele seja o segundo volume. Eu nem me lembro direito como conheci esse livro, provavelmente estava xeretando o Kindle e apareceu como recomendação, e como a capa é sexy eu fui logo de cara seduzida, por que não é possível, toda vez que olho para as capas da trilogia, é como se fosse a primeira vez, o primeiro beijo (rsrsrs). Mas explicando um pouco melhor, quando conheci Play eu nem imaginava que se tratava de uma trilogia, e achei incrível que a leitura dos livros seja individual, ou seja, não se precisa ler o primeiro volume para prosseguir logo para o segundo. Então de imediato me apaixonei, isso foi meados de maio ou março, não me lembro agora, e não fiz a resenha antes por que queria ter o livro em mãos para fotos, trechos mais precisos e afins. O que demorou um pouco, pois só fui comprar os livros na Bienal.

play-01

O principal motivo pelo qual Play é meu livro favorito de toda a série deve-se ao fato de que simplesmente sou contagiada pelo o humor de Mal Ericson e a sua relação maníaca com Anne Rollins. Inclusive dei o nome dele para o meu peixe betta 😀

A história do livro basicamente se trata do baterista mais famoso do mundo, Malcolm Ericson que precisa de uma namorada de mentira por algum motivo que o tem agoniado, o que gera preocupações dos caras da banda. Anne Rollings precisa de dinheiro (eu também, gata) por que sua “amiga” que dividia o apartamento a deixou sem dizer nada e do nada. Então, Lauren, a amiga de Ev, e Nate, o irmão de Ev, a convidam para uma festa no próprio apartamento de Ev. E nisso, Mal e Anne se conhecem, Mal fazendo graça, dizendo que vai morar com ela, rolando com ela no chão do nada, falando que ela é sua garota e Anne não acreditando numa palavra sequer. Afinal, estamos falando de Mal Galinha Ericson. E pra varias, Anne é uma grande fã da banda e principalmente de Mal. E para a surpresa da garota, Mal realmente cumpre com a sua palavra e uma história entre os dois começa a se desenrolar.
Temos também o Reece, que é o chefe de Anne, que ela sempre gostou e nunca deu bola pra ela até se deparar com Mal habitando o apartamento da garota. E uma coisa que reparei muito nessas duas ultimas leituras: Kylie adora criar personagens problemáticos, e isso se aplica tanto a personagens femininos quanto masculinos. O que torna a coisa toda especial, por que eles se entendem e convivem juntos, se ajudam e se apoiam a medida do possível. Brigam, mas acima de tudo se amam.

play-02

Dois gatos em uma foto só =^.^=

Muito bem, vamos lá, como eu disse antes, a história é cômica por conta do humor de Mal, ele é sempre alegre, o modo como ele fala é sempre engraçado e o jeito como ele faz as coisas, típicas de um astro. Embora algumas desagradem Anne quando o relacionamento deles começa a ficar mais criterioso, vamos dizer assim. Mal também sempre está fazendo algumas loucuras e, Deus, esse homem é louco, maníaco, doido, tudo o que ele tem direito de ser chamado, além de bom ❤

“Por sorte, a chuva parara de cair. David se aproximou de novo, ajudando Mal a chegar até o Jeep, encostando-o na lateral. Um dos Escalades reluzentes estava estacionado ali perto.

-Cara, onde você colocou a chave? -David perguntou, enfiando a mão nos bolsos de Mal.
-Puxa, Davie. Eu estava guardando isso só pra Anne.
-Não estou interessado no seu pau. Onde está a chave do seu carro?
-Não me entenda mal, cara. Eu te amo, mas não desse jeito.”

Em relação a Anne, eu facilmente consigo imaginá-la, ela é uma garota que trabalha numa livraria, sustenta a irmã na faculdade e tem um grande problema quando se trata da sua mãe alcoólatra, e a todo momento ela tenta superar, perdoar. Anne está em crescimento, ri das piadas e das atitudes de Mal e acima de tudo, se preocupa com ele, tenta arrancar dele passivamente o que o chateia e aos poucos eles vão se entendendo a modo que um saiba que o outro se importa e isso é importante. Anne é forte!

“Que par a gente formava. Às vezes, parecia que precisaríamos de um milagre para fazer aquilo funcionar. Mas o meu costumeiramente precavido coração já estava comprometido.

-Obrigada. -Apoiei a mão no peito dele. -Não precisa se preocupar com Reece.
-Eu sei, eu sei. Ele não é nada comparado com a minha magnificência. -Seus dedos afagaram os meus e os olhos brilharam. -Mas, só por curiosidade, como você se sentiria com o meu nome tatuado na testa?”

E o mais legal de tudo é que, os caras da banda se entendem como família e tanto Ev quanto Anne e até mesmo Lena que é levemente mencionada em Play, fazem parte desta família. E eu começo a imaginá-los realmente como uma família que se entende, q ue não importa as besteiras que façam, ninguém vai ligar e vai simplesmente rir e pensar: é assim mesmo, é exatamente assim que fazemos. Então, Play nos traz mais um pouco da familiaridade e é como se fosse uma porta aberta para nos sentirmos em casa.

“Mal e David passavam bastante tempo juntos, já que Ben e Jimmy iam e vinham entre as casas deles e os nossos apartamentos. A família Stage Dive nunca sequer piscou com a minha inclusão, algo pelo qual sou extremamente grata.”

Querem mais pontos positivos? Então vamos lá!

Além da capa #hot, aliás, hot de todos os livros, criativa, chamativa e linda, as páginas tem uma textura fina, levemente amareladas, a leitura é carregada de bom humor, é rápida e fácil. São 319 páginas de perdição, alcança todas as expectativas, e como dito na resenha de Lick, que garota nunca sonhou se ver com seu astro do rock? Então é delirante, emocionante e Kylie trabalha muito bem quando se trata em escrever e descrever, essa mulher não tem vergonha e nem pudor! Acho ótimo!

Um único pontozinho negativo que me incomodou durante toda a leitura é que os cabelos de Anne são descritos com tom de cenoura. Na tradução livre do pdf que li no começo do ano, Mal a chamava de Abóbora (o que faz mais sentido) e na tradução da editora ele a chama de Moranguinho (o que não faz sentido nenhum). Então, isso me incomodou muuuuito e toda vez que lia Moranguinho eu automaticamente corrigia a editora, mas nada com que eu não possa conviver ou sobreviver. Esse livro pra mim ja é 5 estrelas e com certeza o leria de novo, é um dos livros dos quais nunca vou enjoar e recomendo. Então leiam, essa leitura é obrigatória aos meus leitores ❤

E, antes que eu finalize esta resenha, uma música ao nível de Play (pra quem gosta) para acompanhar na leitura:

♠ ♠ ♠

De praxe, um grande beijo pra vocês que tem acompanhado todos os nossos posts aqui, um bom restinho de semana :*
Caso eu dê uma leve sumida é por que meu computador está dando pane e não concertei, mas não deixem de esperar por mais, estamos aqui. Vocês podem interagir comigo e com os outros colunistas pelo nosso twitter, nosso instagram e a fanpage do facebook ❤

Resenha: Lick – Kylie Scott

A princípio, quando comecei a ler Lick, eu estava com a expectativa correndo pelas minhas veias impressionantemente, e posso confirmar, embora tenha sentido muita raiva do Dave por uma certa parte mais pro fim da leitura, eu amei, cada pedaço, cada linha. E, além de tudo, amigo leitor, eu devo dizer que, a Ev é como a mãe do restante da sequência, ela é bem presente e preocupada com os amigos. Lick é o começo de tudo, e que começo hein?!

lick-01

Bom, o que falar? Lick é uma mistura de loucura, uma dose de adrenalina e muita bebedeira em Vegas com direito a casamento e tudo. O que torna a trama do livro divertido é justamente a confusão feita em torno dos acontecimentos. Como uma garota normal, que segue os planos da família, acaba casada com o astro do rock mais bonito, mais talentoso e rico do mundo e acaba famosa no dia seguinte e bajulada pela mídia? Quem nunca sonhou algo parecido com o seu cantor, guitarrista, baterista, enfim, favorito, que atire a primeira pedra.

lick-03

E o gatilho inicial pra isso tudo é que simplesmente Ev está fazendo 21 anos e quer comemorar em grande estilo, ela e a amiga Lauren vão para Vegas e o impossível acaba acontecendo: Ev acorda na manhã seguinte passando mal da bebedeira e casada com David Ferris, guitarrista da banda Stage Dive. Totalmente atormentada pela mídia, pelos fãs loucos e tudo o que a fama pode proporcionar a uma pessoa que não está acostumada com atenção. Ev tem o nome de David tatuado na bunda glúteo, e David o nome de Ev no antebraço como um símbolo forte e a mostra.
Eu acho que estou enfatizando a ideia, mas é realmente engraçado e aos poucos vamos descobrindo exatamente o que aconteceu na noite em que ambos decidiram se casar, pois Ev não se lembrava de nada e isso parecia (obviamente) deixar Dave chateado, já que ela também o cobrava a respeito. Eles acabam por optar pelo divórcio logo de início, Ev é atormentada pelos advogados e Dave, sendo salva no final por Mal, o baterista da banda que acrescenta em Lick um pouco do seu humor e de sua verdadeira personalidade. Guarda essa informação, pois falaremos dele na próxima resenha ❤
Então, Ev e Dave acabam por passar um tempo em Monterey numa casa de Dave, longe de qualquer paparazzi ou jornalista e ali, eles acabam se redescobrindo. Ev, que tem um grande sentimento por Dave, e Dave que nunca tinha tanta certeza quanto a se casar com Ev. Mas a história que envolve a casa, os brincos de Dave e uma fofoca de Lauren a respeito da primeira namorada dele tê-lo traído faz com que Ev sinta-se desconfortável e sem saber onde pisar.

“Só se consegue cantar “I Will Survive” determinado número de vezes antes de sentir vontade de se esganar.”

lick-02

Enfim, ao decorrer da história veremos uma grande evolução de Ev e Dave, um forte acontecimento que fica difícil de Ev perdoá-lo, mas que aos poucos vai se provando o quanto se amam e o quanto estão dispostos um pelo outro. Ev até mesmo sai da zona de conforto imposta por seus pais e resolve seguir sua vida do seu próprio jeito e ao lado de Dave, sem se importar com nada. Afinal, não era esse o plano inicial?

E eu devo dizer, o que mais amei em Lick foi toda a linguagem que Kylie usou, tornando-a sempre divertida, relaxada, fácil e fazendo com que eu não desgrudasse nunca os olhos. Essa leitura durou cerca de 4 dias e atendeu todas as minhas expectativas. E embora você não precise ler os livros na sequência (assim como eu fiz), você tem que saber que, alguns mínimos detalhes poderão revelar spoilers.
Eu havia comprado toda a trilogia na estande da editora Universo das Letras na Bienal, então dos 10 livros que comprei lá, esse foi o primeiro que li, e a única forma de eu não ter me matado por ter acabado é que eu definitivamente já havia começado a ler Play no mesmo instante e isso se aplicou ao Lead também, quando terminei Play. E vale lembrar, cada livro se trata de um personagem que compõe a banda. Os risos foram muitos, as cenas quentes são bem trabalhadas e Ev é com certeza uma personagem mulher forte e adulta, ela nos faz pensar que, às vezes a nossa inconsequência pode ser uma bênção, ela literalmente saiu do casulo e eu a adorei. Todos os personagens são bem construídos, embora o foco de cada um fique em cada livro da saga, mas eles nos dão noção do que virá depois de Lick.
Espero que vocês também gostem, pois essa trilogia entrou pro meu ranking de 10 livros favoritos ❤

E pra finalizar, uma música da minha banda favorita para acompanhar nessa delicia de leitura. Um beijo pra quem fica e uma boa leitura a todos 😉